Widget Image
Marcos Pizano – 30 anos de Jornalismo, dos quais 26 em emissora da Rede Globo, além de dois MBAs na Fundace/USP e três anos de Instrutoria no Sebrae/SP.
Fale comigo: (16) 3441-8786 • (16) 99752-8786
E-mail: falecom@marcospizano.com.br

Blog

Home  /  Comunicação e Marketing   /  Como escrever o Manifesto de Marca em tempos de Intensa Mudança

Como escrever o Manifesto de Marca em tempos de Intensa Mudança

Como escrever o Manifesto de Marca em tempos de Intensa Mudança

No meio da tempestade é difícil ver horizontes. Crises econômicas e de saúde pública sacodem o planeta e apressa a transformação digital. Para sobreviver, devemos estar fortes, como uma casa bem alicerçada. O mesmo ocorre no mundo dos negócios. As empresas se protegem para superar ondas de crises. Neste sentido, o melhor a se fazer é consolidar a marca. Por isso, neste artigo vou falar sobre como escrever o Manifesto de Marca, em tempos de intensa mudança.

Como sabemos, os clientes estão mais criteriosos no momento da compra. Com toda a certeza, querem saber mais sobre como as marcas se comportam. Que posições elas tomam diante dos desafios a que todos nós estamos expostos. Marcas omissas estão perdendo posições na lista de preferências dos clientes.

Sabe, eu saí de casa aos 17 anos de idade para estudar em uma cidade distante 100 km. Entre os vários conselhos de meu pai, um ficou marcado para sempre. Ele dizia que, para conhecer melhor as pessoas, devemos prestar bem atenção no que elas dizem e, mais importante, no que elas fazem. 

Da mesma forma, isso ocorre com as empresas. A marca que tem uma prática oposta ao seu discurso perde crédito perante o cliente. 

Qualquer um de nós pensaria: se a marca não faz o que diz, como confiar em seus serviços?

Como sua Marca se comporta?

Sem dúvida, quando abrimos uma empresa temos uma missão bem definida. Os motivos podem ser: fazer carreira na profissão, seguir uma vocação, dar uma guinada na vida, atender ao impulso empreendedor, além de ganhar dinheiro, claro. 

Há também um pano de fundo nisso, um papel na sociedade, uma dor para se curar, alguém a quem ajudar. Em outras palavras, são motivos ocultos que estão por trás de cada ação.

Isso tudo junto é o que dá sentido à existência da marca e nos anima a levantar todos os dias. É o que norteia o que fazemos para viver. 

Você já deve estar começando a perceber porque precisamos escrever o Manifesto de Marca, não é mesmo?

Decerto, é com o manifesto que a marca diz a que veio. É ele que alicerça o Planejamento Estratégico da empresa, independentemente de crises ou bonanças.

Inegavelmente, as marcas criam credibilidade por meio de comportamentos Eles precisam de total transparência e princípios claros, revelando o ambiente psicológico no qual a marca atua. 

O Manifesto de Marca como Agente de Mudança

É provável que você já tenha notado que escrever o Manifesto de Marca não é tarefa fácil. 

Manifesto, pelo dicionário, é “declaração formal que, geralmente escrita, transmite intenções, opiniões, decisões ou ideias de um emissor”. Assim sendo, o Manifesto de Marca é uma declaração pública de sua visão de mundo. 

Por isso, além de estar em sintonia com o propósito da empresa, ele traduz seu posicionamento perante o olhar do cliente. É mais sobre o “porquê” do que fazemos e menos sobre “o que” vendemos. 

Mudança sem Perder a Essência

O Manifesto de Marca também orienta possíveis tomadas de posição perante novos desafios. Desse modo, a marca assume posturas, ficando ao lado do cliente na reflexão sobre as coisas importantes da vida, que estão acontecendo. 

Geralmente, a empresa é chamada a escrever um Manifesto de Marca a partir de uma mudança de cenário. O que antes poderia ter sido considerado aceitável, agora não é mais, como racismo, machismo e feminicídio, por exemplo. 

Há outros temas relevantes que exigem a mesma atitude das marcas. Só para exemplificar, vou citar aqui o caso da Samsung. Ela fez um vídeo manifesto pela tecnologia e pelas pessoas. Veja aqui

Em síntese, uma equipe de profissionais de Marketing e personalidades debateu sobre como a tecnologia nos afeta. E expressou o seguinte manifesto: “Todos podem ser agentes de mudanças. E quanto melhor formos como pessoas, melhor uso faremos da tecnologia”.

É importante observar como a marca se manifestou e, ao mesmo tempo, se colocou ao lado do cliente, se aproximou dele. Eles disseram: “Confiamos no humano”. Ou seja, confiamos em você, confiamos em todos nós, confiamos no que todos fazemos. 

5 Dicas de como escrever o Manifesto de Marca em tempos de mudança

Como escrever o Manifesto de Marca em tempos de Intensa Mudança

Se você deseja escrever o seu Manifesto de Marca, sugiro ler este artigo publicado no Blog da Onflag Negócios Digitais, que trata do assunto. Por conseguinte, aqui vou complementar dando dicas de como fazer em tempos de mudança. 

Nosso foco é determinar como a marca vai se comportar no cenário atual e no futuro próximo. Sem dúvida, levando em consideração as transformações econômicas e sociais pelas quais passamos.

1 – Analise o cenário atual

Escrevi um artigo sobre Análise de Mercado que poderá ajudar. Assim, aqui vamos começar traçando um rápido perfil do comportamento de compra atual, segundo pesquisa realizada pelo SPC:

  • 8 em cada 10 brasileiros mudaram seus hábitos no dia a dia.
  • 59% pesquisam preço antes de comprar.
  • 56% reduziram gastos com lazer.
  • 55% passaram a controlar gastos pessoais.

Assim também, alternativas para economizar:

  • 54% decidiram reduzir consumo de água, luz e telefone.
  • 53% ficaram mais atentos às promoções.
  • 46% substituíram produtos por marcas mais baratas.
  • 42% passaram a pechinchar.

2 – Trace o cenário do futuro próximo

Com base em fontes confiáveis, em seguida, tente determinar três cenários:

  • Otimista – Enumere o que pode acontecer, se tudo der certo.
  • Pessimista – Indique as consequências, se tudo der errado.
  • Realista – Cruze as duas possibilidades e identifique um meio termo, com maior probabilidade de acontecer.

Ainda mais, considere que isso tudo está acontecendo num ambiente de endividamento das famílias, das empresas e dos governos. Além do expressivo aumento da desigualdade social e do desemprego, provocado pela retração econômica e também pela robotização.

3 – Qual é o espaço da sua marca?

Tendo em mente o cenário atual e do futuro próximo, identifique o que fazer hoje para que sua marca esteja mais segura. Posteriormente, segmente um espaço para ela e trace um plano de ação para concretizá-lo.

Em seguida, depois de delimitar sua fatia de mercado, faça uma pesquisa para determinar seu perfil de comportamento, valores e suas perspectivas futuras. Alinhe com o propósito da sua empresa e divulgue.

4 – Dê à sua marca uma voz coletiva.

Tente fazer com que a marca dialogue com os valores compartilhados pelo seu público. Assim, ela vai se conectar, vai se envolver com causas comuns, vai se aproximar das pessoas. 

Portanto, manifeste-se usando expressões afirmativas, como “nós acreditamos …” ou “nós escolhemos …”. Com a mesma assertividade, assuma posições firmes como “nós repudiamos …” ou “nos reservamos o direito de…” ou ainda, “contestamos …”.

Com a marca assumindo um ‘lugar de fala’ comum, as pessoas se sentem representadas, acolhidas e valorizadas. Por conseguinte, estes sentimentos ficam refletidos nela. 

5 – Fale ao coração e desperte paixões

Este é o maior diferencial do Manifesto de Marca. Na maioria das vezes enchemos nossos clientes de argumentos racionais e frios. Ou seja, falamos ao cérebro. Mas, as pessoas querem ouvir com o coração.

Principalmente nestes tempos de distanciamento social, abrace simbolicamente as pessoas e agite emoções. Faça um manifesto autêntico e permita que a marca também mostre suas vulnerabilidades.  

De tal forma que uma conexão inspiradora seja construída, entusiasmando fornecedores, colaboradores e clientes. 

.x.

Em resumo, faça seu manifesto parecer incrível. Sendo texto, vídeo, folheto ou um post, em qualquer formato, cuide para que seja brilhante. Atue para que sua essência fique impregnada em cada ação de Marketing, em cada aparição da marca, em cada contato com o cliente.

Gostou do artigo? Sobretudo, espero que ele tenha inspirado você a aprender como escrever o Manifesto de Marca em tempos de intensa mudança em todos os setores da atividade humana. Se quiser aprofundar esta conversa, escreva para mim. 

Vamos em frente!

Fale comigo

Conheça as estratégias e as técnicas de Comunicação e Marketing que trarão mais resultado para o seu negócio, em curto, médio e longo prazos.


Escolha o serviço abaixo


No Comments
Post a comment